18 novembro 2008

Chuva e chuva


Mais um final de semana na vida de um cabeludo...


Eis que chega a tão esperada SEXTA-FEIRA!!! Inicio do final de semana para alguns. Seria um bom início de final de semana pra mim se eu não tivesse que trabalhar no sábado. Mas isso não importa. A diversão é igual na sexta.
Pois bem, reunimos a galera e fomo-nos à Sapiranga, capital nacional das Rosas. Festa das Rosas a todo vapor, adentramos o parque de eventos ansiosos pelo show da banda Tenente Cascavel. Junção de duas grandes bandas do rock gaúcho, TNT e Cascavelletes. Encontramos vários parceiros que estavam na mesma ansiedade.
Showzinho massa!!! Estranho foi ver o Frank Jorge tocando guitarra. Na verdade o instrumento era muito desproporcional ao seu corpo. como diria um amigo meu: "Aquele cara é um boi!!!".
Outra coisa que me chamou a atenção foi o estado um tanto que, fora do comum, de nosso amigo Tchê Gomes. Ora tocava sua Gibson SG, ora cantava e ora não fazia nenhum e nem outro. Mas deixa pra lá.
Baita presença do Petraco!!! Puta merda!!! O cara desceu do palco umas 3248956734987493 vezes. E alcançava a guitarra pro público fazer os solos. Baita show!!!!

Mal a sexta havia acabado, e o sábado já começava...

Cheguei em casa 3h da manhã e acordei às 7:30h.

Trabalhei, almocei e me toquei para Canela - serra gaúcha - Brasil. Segui a caminho da casa do meu grande amigo Ninja, popular músico da Região das Hortênsias. Lá rolou mais um ensaio da Banda Aqueles & Os Outros, bandinha que promete agitar muito por esses lados. Após ensaio, brincadeiras, caminhada nas ruas de Canela e um lanchinho na casa do Ninja, me toco de volta a minha origem: Parobé City. Quase não consegui sair de Canela. O trânsito estava interrompido em diversas ruas da cidade. E quando eu estava quase perdido, achei o caminho novamente.
Ao passar por gramado me deparo com mais um trânsito infernal. Época de Natal Luz é assim mesmo. Baita marketing da cidade de Gramado: No inverno os turistas vão ver a neve e no verão vão ver as luzinhas acesas nas ruas da cidade.
Após livrar-me do engarrafamento continuei minha longa descida. Quando passava por Três Coroas senti que o final de semana não seria favorável aos motociclistas, pois uma garoa fina começava a embaçar meu capacete.
Cheguei em casa eram quase 9h da noite.

No domingo a vontade de comparecer a gincana municipal de Rolante era grande, mas devido ao mau tempo, não consegui arredar o pé de casa.
Peço desculpas aos meus amigos que me esperavam por lá. Mas às vezes o tempo não colabora com os motoqueiros...




MORAL: "Não dá nada!! E se der dá bem pouquinho!!!"



2 comentários:

Ninja disse...

Cara e tu não me deu um bipe quando chegou em casa!!!!
huahuahuaha
E a mulher do banho de sol, e a outra do rabo de cavalo duro??
Como tu foi esquecer dessas personagens ilustres??

Dâmaris disse...

e dessa vez tu nem avisou que ía subir a serra..seu cabeludo filho da #%*&$$#